- Página Inicial
 - Chat
   - Trocas e Vendas
   - Nosso Youtube
   - Teste de Torneio
   - O Coleiro / Papa Capim
   - Contato / Fale Conosco
   
 
   - Coleiro
   - Curió NOVO!
   - Trinca Ferro NOVO!
   
 
   - Aprontando o Macho
   - Aprontando a Fêmea
   - Alimentação
   - Manejo Básico
   - Muda de Pena e Bico
   - Vermifugação
   - Rações Extrusadas
   - Cuidando de Doenças
   - Criação e Manejo
   
 
   - Rank Brasileiro 2013
   - Como Funciona?
   - Esquentando o Coleiro
   - Coleiros de Torneio
   
 
   - Videos
   - IBAMA
   - Espécies
   - Expressões
   
 
   - Cantos Tui-Tui
   - Software Criação NOVO!
   - Canto Automático

 
7 Criador(es) Online
Converse no nosso Chat





Untitled Document
  APRONTANDO E ENFEMANDO

Aprontando seu Coleiro - Dicas de Campeões e Especialistas

Para aprontar um coleiro é preciso dedicação, o coleiro não pode estar na época da troca de penas.

- Não deixe o coleiro fazer muda próximo de fêmeas e outros machos que estejam cantando;

- Após a muda, procure deixar o coleiro em local atraente, um local bem aberto e variar de local, para ele não acostumar com o prego (só cantar neste local);

- Dê sempre banho de sol pela manhã;

- Passeie bastante com ele pela manhã (ajudará ele a abrir e cantar em qualquer lugar) ao chegar em casa coloque-o em um voador, deixando-o durante todo o dia para o mesmo se exercitar. Repita este procedimento sempre que puder, durante vários dias; (na verdade o coleiro quando em casa é para ficar no voador, o certo é você ter uma gaiola de passeio "pode ser a de torneio" para leva-lo nela ao sair de casa);

- Quando sentir que o pássaro está aprontando, (cantando com mais desenvoltura), é a hora de enfemar.

" O Coleiro que não aceita fêmea neste ponto deve estar no seu máximo. Lembrando que os maiores campeões da história, tanto o Coleiro Fogo Selvagem quanto o Curió Trovoada foram muito bem manuseados na fêmea " Muito bem Enfemados ".

Enfemando seu coleiro em um mês.

- Caso o seu coleiro aceite fêmea, procure aproximá-lo da fêmea, sem se verem, pelo menos durante uma a duas semanas ( 7 a 15 dias ), recomendo 15 dias ( duas semanas );

- Passados os 15 dias, comece a mostrar a fêmea de vez em quando pela manhã, e deixe passar mais uma semana assim ( 7 dias );

- Passados os 7 dias, deixem eles dormir próximos um do outro, em um local onde o macho só veja a fêmea pela janelinha da capa (sem colar a gaiola, pois se a fêmea não aceitar eles podem brigar e o macho pode perder a ordem e tudo ir por água a baixo, tendo de repetir tudo novamente) , afaste eles ao amanhecer do dia seguinte, de forma que ele só ouça o piado da fêmea durante todo o dia;

- Após esses cuidados, caso deseje participar de rodas, badernas ou torneios, na noite anterior, procure deixar o coleiro dormir ao lado da fêmea, em local tranquilo, onde ninguém ligue a luz durante a madrugada.

Com o tempo todo este manuseio será fácil, você vai perceber quando a fêmea chama, ele responde e vice versa. Há casos de não aceitação do macho ou da fêmea um pelo outro.

Ainda tem dúvidas, ou acha que falta algo neste tópico? Fale Conosco.

 





Criadores - 
Cadastro de Criador - 

Associação Ornitológica
de Barão de Cocais
"Seu banner aqui"





© OColeiro.com - Totos os Direitos Reservados - Política de Privacidade