- Página Inicial
 - Chat
   - Nosso Youtube
   - Fórum
   - Teste de Torneio
   - O Coleiro / Papa Capim
   - Contato / Fale Conosco
   
 
   - Coleiro
   - Curió NOVO!
   - Trinca Ferro NOVO!
   
 
   - Aprontando o Macho
   - Aprontando a Fêmea
   - Alimentação
   - Manejo Básico
   - Muda de Pena e Bico
   - Vermifugação
   - Rações Extrusadas
   - Cuidando de Doenças
   - Criação e Manejo
   
 
   - Rank Brasileiro 2013
   - Como Funciona?
   - Esquentando o Coleiro
   - Coleiros de Torneio
   
 
   - Videos
   - IBAMA
   - Espécies
   - Expressões
   
 
   - Cantos Tui-Tui
   - Software Criação NOVO!
   - Canto Automático

 
5 Criador(es) Online
Converse no nosso Chat





Untitled Document
  COLEIROS DE TORNEIO

Em primeiro lugar é necessário destacar que nem todo coleiro é de torneio. Isso deve ficar claro desde o início. Os coleiros de torneio são pássaros de fibra (que não se intimidam com outros machos). Então, o primeiro passo para ter um coleiro de torneio é saber se ele é, de fato, um pássaro de torneio.

Para preparar o coleiro, vamos listar algumas das dicas dadas pelos passarinheiros que freqüentam os torneios Brasil afora. Vale lembrar que as dicas são diferentes porque os pássaros de cada um são diferentes também.  

- Há quem prepare o coleiro com uma parelha (ver no link "Dicionário" o que é parelha). Estes criadores colocam o pássaro escutando um outro coleiro de longe, assim, ele vai se sentir confiante para soltar seu canto e demarcar seu território.

- Há quem não tenha um segundo coleiro para fazer a parelha. Nestes casos, os criadores acabam recorrendo mesmo ao CD. Coloque o CD para fazer a "parelha" com o coleiro, para que ele se acostume a cantar em desafio a um outro.

- Há quem prepare o coleirinho para os torneios com uma fêmea. Deixam o coleiro vendo a fêmea nos períodos anteriores ao torneio para que ele fique bastante agitado, cantando bastante. O risco que se corre é de que o coleiro fique "enfemeado", ou seja, dependente de uma fêmea para cantar.

- Há criadores que rejeitam o uso de parelha, de CD ou de fêmea para incentivar o coleirinho. Há quem afirme que coleiro bom canta sozinho e não precisa de recursos para cantar. Mas o Fogo Selvagem, 1º colocado por muito tempo no Campeonato Brasileiro é enfemado.

- Há quem coloque vários poleiros na gaiola de torneio, para "travar" a gaiola. Assim, o coleiro tem menos espaço para voar e fica mais concentrado em sua cantoria.

- É consenso entre os criadores que coleiros de fibra devem estar sempre sendo mudados de prego, para acostumarem-se a cantar no mais diversos locais. Um coleiro que fica sempre no mesmo prego fica assustado quando chega na roda ou em locais diferentes.
 





Criadores - 
Cadastro de Criador - 

Associação Ornitológica
de Barão de Cocais
"Seu banner aqui"





© OColeiro.com - Totos os Direitos Reservados - Política de Privacidade